© 2016 by Erfolg

E-mail: info@saberdireito.ch
Tel.: +41 78 705 84 00
Saber Direito
Informações
Nossas Redes Sociais

Nacionalidade Brasileira para os Filhos - Regras Gerais

Meu filho é brasileiro? Confira:

 

       Filhos de brasileiros e/ou de um dos pais sendo brasileiros, nascidos no exterior entre 5 de outubro de 1988 e 7 de junho de 1994 que tiverem sido:

  • Registrados no Consulado: são brasileiros. Vale lembrar que nesse caso a certidão de nascimento consular deve ser transcrita no cartório do 1°ofício de registro de pessoas naturais no Brasil

 

  •  Registrados diretamente no Brasil (não registrados no consulado primeiramente): para receberem a nacionalidade brasileira precisam residir no Brasil antes de atingir a maioridade e fazer a opção pela nacionalidade brasileira.

         Filhos nascidos no exterior entre 7 de junho de 1994 e 21 de setembro de 2007 tinham que residir no Brasil para que lhes fosse garantido o direito a nacionalidade brasileira, de acordo com a mudança trazida pela EC de 1994 que alterou o artigo 12,I, c da CRFB.

Esse panorama constitucional gerou uma séria consequência aos brasileirinhos nascidos em países que adotam o jus sanguinis* (Suíça, Alemanha entre outros) como condição para a aquisição da nacionalidade, pois caso os seus genitores não tenham a nacionalidade do país do seu nascimento por exemplo, a criança ficava sem nacionalidade (= apátrida).

        Filhos nascidos no exterior após 21 de setembro de 2007:

Em 21 de setembro de 2007 foi publicada a Emenda Constitucional n° 54*, a qual deu nova redação ao artigo 12, I, c da Constituição Federal de 1988. Com essa alteração, os filhos de brasileiros nascidos no exterior passaram a ter a nacionalidade brasileira garantida nas seguintes hipóteses: 

  • Registrados no Consulado: são brasileiros. Vale lembrar que nesse caso a certidão de nascimento consular deve ser transcrita no cartório do 1°ofício de registro de pessoas naturais no Brasil.

 

  • Registrados diretamente no Brasil (não registrados no consulado primeiramente) - deverão residir no Brasil e optar a qualquer tempo depois de atingida a maioridade pela nacionalidade brasileira através de um procedimento judicial.

         Filhos de brasileiros nascidos entre 7 de junho de 1994 e 21 de setembro de 2007:

O art. 95 da ADCT da EC/2007 concedeu a esses filhos a nacionalidade brasileira, desde que o registro do seu nascimento tenha sido feito no Consulado Brasileiro. Sendo assim, se o seu filho nasceu entre 7 de junho de 1994 e 21 de setembro de 2007, não será necessário fazer a opção pela nacionalidade brasileira, se ele tiver sido registrado no Consulado do Brasil.
Se a certidão de nascimento do seu filho contiver ainda a observação referente à opção pela nacionalidade, basta requerer ao cartório/consulado a averbação com base na Emenda Constitucional 54 de 2007.

Envie sua mensagem