Saber Direito
Informações
Nossas Redes Sociais
E-mail: info@saberdireito.ch
Tel.: +41 78 705 84 00

© 2016 by Erfolg

Famílias cuidado! Quem voa sozinho com as crianças em férias deve trazer o consentimento do parceiro.

 

Quem pretende viajar só com o filho menor por via aérea precisa de uma autorização por escrito do outro genitor, consentindo a saída da criança do país. Caso contrário, a situação poderá se tornar bastante difícil durante o controle de passaporte. Na falta do documento por parte dos pais, a criança será também interrogada pela polícia. Além disso, a situação se tornará ainda mais desconfortável se os sobrenomes não forem compatíveis, ou seja, diferentes.

De acordo com a polícia do aeroporto de Zurique, esta medida serve para evitar o sequestro de crianças. Segundo Stephan Auerbach, do Serviço Social Internacional (SSI), apesar desta medida ser praticada há alguns anos o sequestro de crianças na Suíça não diminui, pois ainda é possível passar com um menor via terrestre e fluvial sem um controle extensivo.
Conforme a porta-voz da Swiss Meike Fuhlrott relatou ao jornal Blick, caso a família venha a perder o voo por causa deste incidente, a mesma deverá arcar com os custos da viagem. Além disso, não só a polícia poderá exigir este documento durante o controle do passaporte, mas também a companhia aérea no portão de embarque.
Embora muitos pais desconheçam a necessidade deste documento a polícia recomenda, de modo geral, que se informem antes de viajar para assim evitar discussões desnecessárias. Esta declaração pode ser feita (redigida) em formato de carta, assinada, contendo afirmações como nome, data de nascimento, data da saída/entrada e o lugar de destino da criança.

 

Tradução do artigo "Die Flughafenpolizei nimmt Familien ins Visier", do jornal suíço Blick, publicado em 25.06.2018 .

 



Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Saber Direito em Portugal

January 14, 2017

1/1
Please reload

Posts Recentes

February 14, 2020

Please reload

Arquivo